Los Angels Mental Health Clinic
Últimos assuntos
» Rio
Sex Jul 17, 2015 10:50 am por Franckie Wales

» Quarto1
Sab Jan 31, 2015 7:58 pm por Franckie Wales

» Quarto2
Ter Jun 10, 2014 10:30 pm por Franckie Wales

» Sala de Estar
Ter Jun 10, 2014 9:25 pm por Franckie Wales

» Jardim
Sab Maio 10, 2014 11:58 pm por Franckie Wales

» Lazer
Sab Maio 10, 2014 4:59 pm por Ethan Grant

» Sala de Jantar
Sab Maio 10, 2014 4:48 pm por Ethan Grant

» Biblioteca
Sab Maio 10, 2014 4:42 pm por Ethan Grant

» Corredores
Ter Jan 28, 2014 9:42 pm por Franckie Wales


Rio

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Rio

Mensagem por Ethan Grant em Sab Jan 31, 2015 10:12 pm



Última edição por Ethan Grant em Sab Jan 31, 2015 10:20 pm, editado 1 vez(es)

---------------------------------------------------------------

The slow descent into madness, the churn of chaos and love
avatar
Ethan Grant


Mensagens : 610
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Ethan Grant em Sab Jan 31, 2015 10:18 pm

Engoli em seco, tentando acalmar a impressão que tinha no peito por ter estado a chorar. - É bonito - garanti mordiscando o interior da minha bochecha. Saí da casa da árvore e levei-a na direção do rio. O rio deixava-me sempre mais calmo, houve uma altura que o meu pai e a minha mãe me proibiram de ir até lá porque tinham medo que acontecesse alguma coisa por causa das coisas que andava a ouvir, eles não percebiam que aquilo me ajudava. Quando chegámos a uma zona em que podíamos apenas observar sem nos molharmos. - Desculpa outra vez - tive que pedir com um suspiro olhando para as minhas mãos que tremelicavam - não consegui...

---------------------------------------------------------------

The slow descent into madness, the churn of chaos and love
avatar
Ethan Grant


Mensagens : 610
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Franckie Wales em Dom Fev 01, 2015 1:45 am

Não me admirei assim que Ethan disse que o jardim era bonito. Toda aquela casa parecia ser gigantesca e bonita, acho que até com as casas de banho eu me ia conseguir deslumbrar. Podia parecer estúpido, mas tinha passado demasiado tempo naquela clínica, tudo o que não fizesse parte dela era uma novidade para mim. Deixei que Ethan me guiasse, visto que não sabia para onde é que ele queria ir e fui observando o jardim à medida que andávamos, deliciando-me com casa flor ou passarinho que via. Já quando estávamos na clínica os meus dias preferidos eram aqueles em que eles nos deixavam ir passear no jardim, não só porque era o mais parecido que tínhamos a liberdade mas também por causa do jardim assim, sempre gostara bastante de natureza e espaços verdes, deixavam-me calma e feliz. Por isso mesmo, e assim que Ethan parou de andar assim que chegámos até junto de um rio que pelos vistos ainda fazia parte da casa, não consegui evitar de olhar em volta, completamente apaixonada por aquele local.
- Isto é tão bonito.- disse, olhando para Ethan por cima do ombro, não conseguindo dizer mais nada acerca do rio porque ele começou novamente com os seus pedidos de desculpa.- eu não quero que me peças desculpa, eu já te disse que está tudo bem.- suspirei baixinho, virando a minha cadeira na sua direcção, para conseguir esticar as mãos para ele.- anda para ao pé de mim.

---------------------------------------------------------------

avatar
Franckie Wales


Mensagens : 612
Data de inscrição : 26/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Ethan Grant em Dom Fev 01, 2015 2:45 am

-Quando era pequenino vínhamos sempre para aqui brincar - murmurei abraçando-me aos meus joelhos e apoiando o meu queixo nos mesmos. - Mas quando comecei... a ouvir coisas - continuei - eles proibiram-me porque tinham medo que eu caísse ou me atirasse e me magoasse - olhei-a e só não desviei o olhar porque ela se virou para mim, ou melhor, virou a cadeira na minha direção. Juntei as sobrancelhas, não querendo ir para o seu colo como costumava fazer. Não queria magoa-la de novo, ainda mais do que já tinha. Abanei a cabeça, mas tive uma ideia. Levantei-me de novo e agarrei-a para coloca-la ao meu colo. - eu só não consigo parar de me sentir culpado - murmurei abraçando-a com força. - tudo o que era preciso era agarrar-te assim e eu não consegui.

---------------------------------------------------------------

The slow descent into madness, the churn of chaos and love
avatar
Ethan Grant


Mensagens : 610
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Franckie Wales em Dom Fev 01, 2015 5:04 pm

Assim que Ethan me começou a dizer que aquele era o sítio para onde ia quando era mais pequenino, não consegui deixar de sorrir ao imaginar um Ethan bebé a correr por aquele jardim. Se ele o seu irmão era tão parecido a ele quanto a sua mãe dizia, conseguia ser ainda mais adorável do que o que eu imaginava.
- É normal, eles preocupavam-se contigo.- murmurei, depois de o ouvir dizer que tinha deixado de ir para ali depois de começar a ouvir aquelas vozes.- e ainda se preocupam.- completei.- mas agora podemos vir para aqui sempre que quiseres.- esbocei um pequeno sorriso, ainda com os braços esticados para ele e senti as minhas sobrancelhas juntarem-se no início da minha testa, mal o vi abanar a cabeça.- Ethan..- suspirei, preparando-me para lhe dizer que podia vir para ao pé de mim, mas ele pareceu ter outra ideia, porque veio agarrar em mim ao colo para depois me sentar no seu colo, mais perto do rio. Encostei a minha cabeça ao seu ombro, mantendo-me bastante encostadinha a ele, para me sentisse por perto, e só o voltei a olhar quando falou, mordiscando meu lábio inferior.- tu não tens que te sentir culpado por nada.- disse, encostando a minha testa à sua.- eu sei que só não conseguiste porque tinhas medo que me acontecesse alguma coisa.- encolhi os ombros.- e apesar de eu ter a certeza de que não me ias deixar cair, eu sei que só o fizeste porque te preocupas comigo.- esbocei um pequeno sorriso, passando os meus dedos pela sua bochecha.- acredita em mim, está tudo bem, não faz mal.

---------------------------------------------------------------

avatar
Franckie Wales


Mensagens : 612
Data de inscrição : 26/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Ethan Grant em Qua Fev 04, 2015 1:14 am

Baixei o olhar quando ela encostou a sua testa à minha e fitei a água. Ela não percebia que eu só queria ser normal. - Eu vou tentar mais para a próxima - murmurei sem querer proferir mais uma palavra sobre aquele assunto. Encostei a minha cabeça ao seu ombro, já que ela estava em cima de mim e fechei os olhos por momentos, sentindo-me cansado, mas rapidamente os abri, voltando a afastar a cabeça para ter a certeza de que não dormia. - Eu também tenho uma piscina - sorri um bocadinho - um dia podemos ir para lá.

---------------------------------------------------------------

The slow descent into madness, the churn of chaos and love
avatar
Ethan Grant


Mensagens : 610
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Franckie Wales em Qui Fev 05, 2015 9:40 pm

Pela forma breve e objectiva como falou, percebi que não queria continuar mais a falar sobre aquele assunto e, por isso mesmo, eu limitei-me a assentir ao que disse, mantendo-me encostada ao seu corpo enquanto contemplava o rio. Conseguia perceber perfeitamente porque é que Ethan passara ali os seus dias quando era mais novo, aquele lugar era mesmo calmo e agradável, ajudava-me a não pensar em nada, que era mesmo isso que eu precisava de fazer. Desviei o olhar de novo para ele, apenas quando o ouvi falar e obriguei-me a sorrir por ele estar a fazer o mesmo, atrevendo-me a esticar-me até lhe beijar a bochecha.
- Parece-me uma excelente ideia.- concordei.- não me lembro da última vez que fui a uma piscina.- disse, soltando um suspiro logo de seguida.- se é que alguma vez fui a alguma.- confessei, encolhendo ligeiramente os ombros. Quando os meus pais ainda eram vivos, e quando eu ainda vivia com eles, as nossas condições não eram as melhores. Aliás, a minúscula casa onde vivíamos não tinha piscina de certeza, visto que mal espaço havia para os três. Acabei por abanar a cabeça, ao perceber que me estava a lembrar de coisas que não queria e apressei-me a voltar a olhar para Ethan, esticando uma mão até à sua cara, deslizando as pontinhas dos meus dedos pelas suas olheiras vincadas.- estás cansado não estás? - perguntei, beijando-lhe a bochecha mais uma vez. Acho que nunca me ia fartar de o mimar.- podemos ir para o teu quarto, se quiseres.

---------------------------------------------------------------

avatar
Franckie Wales


Mensagens : 612
Data de inscrição : 26/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Ethan Grant em Sex Fev 06, 2015 1:18 am

Sorri ligeiramente, esfregando a minha mão livre na minha perna, encolhendo-me contra o corpo de Franckie por causa da corrente de ar que ali havia. - eu levo-te quando estiver bom tempo - mordisquei o interior da bochecha tentando afastar certas memórias que me vieram à mente. A minha irmã e eu... Abanei a cabeça e fitei Franckie quando ela também pareceu estar perdida nas suas memórias, mas quando despertou, fechei os olhos sentindo os seus dedos em cima das minhas, possíveis, olheiras. - Não - apressei-me a dizer abanando a cabeça - eu estou bem. - garanti - não quero ir para o meu quarto.

---------------------------------------------------------------

The slow descent into madness, the churn of chaos and love
avatar
Ethan Grant


Mensagens : 610
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Franckie Wales em Dom Fev 08, 2015 5:28 pm

Limitei-me a assentir ao que disse, não querendo prolongar mais aqueles meus pensamentos dolorosos e fiquei apenas a olhá-lo, ainda a acariciar-lhe a bochecha, enquanto esperava que respondesse à minha pergunta. Face ao seu ar cansado, ainda cheguei a pensar que me ia implorar para que subíssemos, mas Ethan fez precisamente o contrário, levando-me a juntar ligeiramente as sobrancelhas assim que algo me trespassou pela cabeça.
- Tu não estás a evitar adormecer, pois não? - arrisquei perguntar, deixando a minha cabeça cair ligeiramente, até se encostar à sua.- não vais poder ficar acordado para sempre.- murmurei, deixando a minha cão deslizar da sua bochecha até ao seu peito.- mas tudo bem, se não queres ir já, podemos ficar aqui mais um bocadinho.- disse logo de seguida, para que não ficasse todo nervoso, mantendo-me bem encostadinha a ele enquanto observava alguns passarinhos que paravam ali perto do rio e se esticavam até conseguirem bebericar um bocadinho de água. Sorri. As saudades que eu sentia de coisas simples como aquela, eram inexplicáveis.

---------------------------------------------------------------

avatar
Franckie Wales


Mensagens : 612
Data de inscrição : 26/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Ethan Grant em Qua Fev 11, 2015 3:17 pm

Passei a língua pelos lábios, tentando ganhar tempo para responder à sua pergunta, mas a minha cabeça já negava por si só. - Não, mas ainda é de dia, não faz sentido ir dormir - menti com um encolher de ombros. Era verdade que na clínica dormíamos demasiado, principalmente eu porque estava sempre cheio de sedativos quando me portava mal. Olhei para a casa principal, vendo a minha mãe com o meu pai ao longe a vir na nossa direção e fiz uma careta. Não queria nada falar com ninguém, só queria que me deixassem em paz por uns dias.
-Olá - a minha mãe sorriu quando chegou até nós e eu esfreguei as minhas mãos uma nas outras sentindo o olhar do meu pai sobre mim. - daqui a pouco o jantar está pronto - lembrou-nos - vamos todos comer juntos na sala de jantar, depois podem dormir aqui na casa da árvore - encolheu os ombros e eu agradeci mentalmente por isso. - Tudo bem? - eu assenti por isso ela continuou - daqui a pouco venham. Também está a ficar frio.

---------------------------------------------------------------

The slow descent into madness, the churn of chaos and love
avatar
Ethan Grant


Mensagens : 610
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Franckie Wales em Qui Fev 12, 2015 8:43 pm

Apesar de não acreditar numa única palavra de Ethan, não disse mais nada sobre aquele assunto, limitando-me a assentir. Acho que ele ainda não se tinha apercebido do quão transparente era para mim. Eu sabia sempre quando ele me mentia, aliás, bastava-me olhar para a sua expressão naquele momento para saber que o fazia, mas não o queria deixar desconfortável, por isso, mantive-me em silêncio, aproveitando os minutos que me restaram até ver dois corpos saírem de dentro da sua gigantesca casa. Eram os seus pais. Mordi ligeiramente o meu lábio inferior, vendo a expressão de Ethan mudar de novo e esforcei-me por encostar o meu corpo ainda mais ao seu, dando-lhe um beijinho na bochecha antes de eles já estarem praticamente à nossa frente.
- Tem calma.- pedi baixinho, endireitando-me logo de seguida e assim que a sua mãe nos olhos, com aquele seu sorriso de sempre, eu retribuí, ficando a ouvir tudo o que ela dizia, para depois assentir.- sim.- respondi.- obrigada.- voltei a sorrir-lhe. Apesar de Ethan não o dizer, eu sabia que ele estava satisfeito por a sua mãe nos ter deixado ficar a dormir na casa da árvore, já tinha dado para perceber que ele se sentia mais seguro por ali.- nós vamos só ficar aqui mais um bocadinho e já vamos para dentro.- murmurei, mas rapidamente olhei para Ethan, juntando ligeiramente as sobrancelhas.- ou queres ir já amor?

---------------------------------------------------------------

avatar
Franckie Wales


Mensagens : 612
Data de inscrição : 26/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Ethan Grant em Sab Fev 14, 2015 12:24 am

-Não, eu estou bem aqui - respondi fixando o meu olhar no rio enquanto sentia o olho dele posto em mim. Eu percebia muito bem que ele queria falar comigo, mas eu não conseguia sequer estar próximo. Apertei as minhas mãos em punhos, mordendo o interior da bochecha com força e só sentir os meus ombros relaxarem quando deixei de ouvir os passos deles e a porta das traseiras se fechou atrás deles. Olhei para ela, vendo que não estava mais ninguém, que estava sozinho com Franckie e suspirei, tirando-a um pouco do meu colo, com medo que a pudesse magoar.
Não devias ter saído de lá.
Levantei o olhar para as árvores à minha frente, e deixei de respirar durante uns segundos mas, sabendo que Franckie estava ao meu lado, calei-me. - Vamos voltar para casa - murmurei agarrando nela para a colocar na cadeira de rodas.

---------------------------------------------------------------

The slow descent into madness, the churn of chaos and love
avatar
Ethan Grant


Mensagens : 610
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Franckie Wales em Seg Fev 16, 2015 12:00 am

A reacção de Ethan face aos seus pais, ou melhor, face ao seu pai, estava a deixar-me preocupada. Eu sabia que era apenas por causa do pesadelo que tinha tido, mas ele não sabia, e passasse o tempo que passasse, a confusão que estava a sua cabeça, não parecia acalmar. Soltei um pequeno suspiro, assentindo quando percebi que não queria ir já para dentro, mas a sua vontade pareceu mudar de repente porque, e assim que ficámos sozinhos, Ethan me afastou, levantando-se logo de seguida para me ajudar a sentar na cadeira. Juntei ligeiramente as sobrancelhas, ajeitando-me na mesma e voltei a assentir ao que ele disse, porém, desta vez, não resisti em olhá-lo por cima do ombro.
- Amor..- chamei baixinho, para captar a sua atenção.- eu não quero que o faças agora.- comecei.- mas podes prometer-me que vais dar uma oportunidade ao teu pai de falar contigo? - perguntei, sentindo-me logo de seguida tremer, com medo da sua recção.- não estou a dizer que tens de o desculpar, ou dar-te bem com ele.- esclareci.- mas gostava que lhe desses uma oportunidade, antes de te afastares por completo.- encolhi os ombros, mordendo o meu lábio inferior de forma nervosa.- achas que consegues fazer isso?

---------------------------------------------------------------

avatar
Franckie Wales


Mensagens : 612
Data de inscrição : 26/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Ethan Grant em Sab Fev 21, 2015 12:15 am

Baixei o olhar na direção de Franckie quando a ouvi chamar-me e parei de andar, sabendo que queria falar comigo. Já conhecia aquele tom. Respirei fundo, apertando nas minhas mãos o guiador da sua cadeira de rodas. Mordisquei o interior da minha bochecha ouvindo o seu pedido que quase adivinhara que ia surgir antes dela ter falado. Eu sabia que ia ter que falar com ele, um dia, mas não queria que tal hora chegasse. - Ele é pior que a minha mãe - murmurei, não prometendo nada que não sabia se conseguia cumprir. Continuei a empurra-la até chegar a casa, sem dizer qualquer palavra. Estremeci quando ouvi o choro de um bebé e fui na direção da sala de jantar, esperando que já estivesse tudo pronto, queria despachar aquilo para voltar para a casa da árvore.

---------------------------------------------------------------

The slow descent into madness, the churn of chaos and love
avatar
Ethan Grant


Mensagens : 610
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Franckie Wales em Dom Mar 01, 2015 11:05 am

Como seria de esperar, nada do que eu disse surtiu algum efeito. Quer dizer, Ethan respondeu-me, mas disse precisamente o oposto daquilo que eu queria ouvir. Estava a chegar a um ponto em que já não sabia o que dizer ou fazer para o ajudar a sentir-se melhor e a resolver as coisas com os seus pais. Afinal de contas, eles eram a única família que ele tinha e pareciam estar dispostos a compensá-lo pelo tempo que passara na clínica. Pelo menos ele ainda tinha alguém que se preocupava com ele, pelo menos a família dele ainda estava viva..Remexi-me ligeiramente na cadeira, ao mesmo tempo que senti memórias indesejáveis preencherem-me o pensamento e apressei-me a dissipá-las, ponderando se deveria ou não tentar uma segunda vez. Porém, e antes que eu tivesse tempo de dizer o que quer que fosse, que provavelmente não ia mudar em nada a opinião de Ethan, já nós estávamos a entrar em sua casa, onde o choro do seu irmão se ouvia por todas as divisões. Juntei ligeiramente as sobrancelhas, olhando para a sala de jantar vazia e desviei depois o olhar para Ethan.
- Não queres ir ter com o teu irmão, enquanto o jantar ainda não está pronto? - atrevi-me a perguntar, visto que em cima da mesa ainda só se encontravam os pratos e talheres. Algo me dizia que esta pergunta ia ter tanto sucesso quanto o meu pedido, mas não custava tentar.

---------------------------------------------------------------

avatar
Franckie Wales


Mensagens : 612
Data de inscrição : 26/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Ethan Grant em Ter Mar 03, 2015 11:28 pm

Senti o meu coração apertar-se enquanto ouvia o chorar do meu irmão. Só me fazia lembrar que... eu tinha-o... Olhei para as minhas mãos que tremiam e mordisquei com força o meu interior da bochecha. - Hm... - olhei para a cozinha, que era de onde o choro vinha e assenti devagarinho, queria ver como é que ele estava. Empurrei Franckie à minha frente e parei à porta da cozinha onde a minha mãe afagava as costas de Marlon e as empregadas acabam o resto do jantar. Algumas sorriram-me, aqueles que já me conheciam antes, outras limitaram-se a ignorar-me. Preferia que me ignorassem, assim não tinha que ser simpático. - ele está bem? - perguntei baixinho. A minha mãe sorriu e aproximou-se de mim.
-Está com cólicas. É normal - consegui ver a cara dele quando ela o virou para nós e vi o seu beicinho sair da sua cara quando o seu olhar se focou em minha. - Queres agarra-lo? - engoli em seco, ao ouvir a pergunta e abanei logo a cabeça.
-Não.

---------------------------------------------------------------

The slow descent into madness, the churn of chaos and love
avatar
Ethan Grant


Mensagens : 610
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Franckie Wales em Ter Mar 03, 2015 11:56 pm

Apesar de saber que Ethan estava com medo de se aproximar do seu irmão, tal como tivera medo de me ajudar a descer as escadas da casa da árvore, eu sabia que ele gostava demasiado dele ao ponto de conseguir ignorar o seu choro que se fazia ouvir por todo o lado. Por isso mesmo, e por ter essa certeza, fiquei em silêncio, mesmo depois de o ver hesitar, não me mostrando minimamente surpreendida assim que assentiu. Deixei que me guiasse até à cozinha, fazendo uma pequena careta à medida que o som se tornava mais alto e estridente e assim que a cadeira parou junto da porta da cozinha, bastou-me levantar o olhar para ver a sua mãe com o bebé ao colo. Juntei ligeiramente as sobrancelhas, pronta a juntar-me a Ethan e a perguntar o que se passava, mas a sua mãe apressou-se a responder, levando-me a assentir, apesar da resposta nem ter sido para mim.
- Não há nada que se possa fazer para isso passar? - perguntei baixinho, uma vez que pouco ou mesmo nada percebia de bebés e assim que ouvi a pergunta que a mãe de Ethan lhe fez não precisei sequer de o olhar para adivinhar a sua resposta. Mas quando é que ele iria acreditar no que eu lhe dizia? Suspirei baixinho, abanando ligeiramente a cabeça e assim que vi Marlon esticar as mãozinhas na direcção do irmão, eu aproximei a cadeira.- posso eu pegar nele? - perguntei, subindo o olhar para a sua mãe que rapidamente assentiu e me passou o bebé para os braços. Sorri, tentando segurá-lo da melhor forma que consegui.- olá bebé.- falei para ele, tocando-lhe com um dedo na bochecha molhada e com a mão livre virei a cadeira na direcção de Ethan, vendo o seu irmão esticar-se todo na sua direcção.- aproxima-te.- pedi-lhe calmamente, afagando as costas do pequenino.- eu seguro nele para teres a certeza de que não lhe acontece nada.- assegurei, sorrindo levemente ao ver o seu beicinho voltar enquanto olhava para Ethan.- vá lá amor, ele quer miminhos teus. Não lhe vai acontecer nada se lhe tocares.

---------------------------------------------------------------

avatar
Franckie Wales


Mensagens : 612
Data de inscrição : 26/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Ethan Grant em Sex Jun 19, 2015 11:58 pm

Afastei-me quando senti um toque no ombro e virei-me para trás, vendo a minha mãe de braços levantados como se estivesse a pedir paz. - Desculpa, eu estava só a guiar-te às mesas. - Pediu, engolindo em seco. Fiz o mesmo, observando para a cadeira que ela apontava - senta-te Ethan, a Franckie fica aqui ao teu lado. Sim? - Assenti, olhando depois para Frankie, que ainda tinha o meu irmão ao colo. Sentei-me devagarinho, mordiscando o lábio inferior. Não queria olhar muito para o miúdo, mas conseguia vê-lo pela minha visão periférica que ele continuava a esticar-se na minha direção. Como é que ele gostava de mim? Mal tinha estado comigo. Estiquei-lhe um dedo, que foi logo rodeado pela sua mãozinha pequenina e fiz uma careta quando o levou à boca.
-Hm... - olhei para a minha mãe, que se ria.
-Devias ter as mãos lavadas, mas não faz mal, ele gosta porque alivia. - Explicou, sentando-se ao meu lado.

---------------------------------------------------------------

The slow descent into madness, the churn of chaos and love
avatar
Ethan Grant


Mensagens : 610
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Franckie Wales em Sex Jul 17, 2015 10:50 am

Ajeitei Marlon no meu colo, de modo a que tivesse a certeza de que estaria mais confortável e seguro, e pousei uma das minhas mãos sobre as suas costas, guiando a cadeira com a mão livre até junto de Ethan. Deslizei a pontinha dos meus dedos pelo cabelo cor de ouro do pequenino, que ainda se esticava em direcção ao irmão, numa tentativa de chamar a sua atenção, vendo a sua expressão suavizar a partir do momento em que Ethan decidiu aceitar a minha sugestão. Eu sabia que tudo isto não passavam de coisas da sua cabeça, e também sabia que ele seria a última pessoa a magoar o irmão, só me faltava conseguir convencê-lo disso.
- Vês? Ele mal te conhece e já te adora.- esbocei um sorriso, desviando o olhar na direcção do meu namorado e assim que vi a sua careta, logo depois de o seu dedo ter sido guiado para a boca desdentada do pequenino, não consegui evitar uma pequena gargalhada.- estavas mortinho por babar o teu irmão, não é verdade? - foi a vez de falar para o bebé que, apesar de estar todo entretido com o irmão mais velho, me olhou com uma expressão toda marota, ainda com o dedo de Ethan na boca. Ri-me, baixinho, tocando-lhe no nariz perfeitinho e desviei depois a minha atenção para Ethan, esboçando um leve sorriso ao ver o seu corpo descontrair aos poucos. Eu só queria que ele percebesse que aquela era a sua realidade. Só queria que ele percebesse que estava tudo bem e que todos nós, incluindo o seu pai, só queríamos o bem dele.

---------------------------------------------------------------

avatar
Franckie Wales


Mensagens : 612
Data de inscrição : 26/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rio

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum