Los Angels Mental Health Clinic
Últimos assuntos
» Rio
Sex Jul 17, 2015 10:50 am por Franckie Wales

» Quarto1
Sab Jan 31, 2015 7:58 pm por Franckie Wales

» Quarto2
Ter Jun 10, 2014 10:30 pm por Franckie Wales

» Sala de Estar
Ter Jun 10, 2014 9:25 pm por Franckie Wales

» Jardim
Sab Maio 10, 2014 11:58 pm por Franckie Wales

» Lazer
Sab Maio 10, 2014 4:59 pm por Ethan Grant

» Sala de Jantar
Sab Maio 10, 2014 4:48 pm por Ethan Grant

» Biblioteca
Sab Maio 10, 2014 4:42 pm por Ethan Grant

» Corredores
Ter Jan 28, 2014 9:42 pm por Franckie Wales


[FP] King Grant.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] King Grant.

Mensagem por King Grant em Dom Jan 27, 2013 7:07 pm

O Jogador:


Nome do Jogador: Cate O.
Outras Personagens: Caleb, Ethan, Anne Grant
Idade:16

A Personagem:

Nome da Personagem: King Grant
Idade:18
Data de Nascimento: 18-12
Orientação sexual: Hetero
Pessoa usada no avatar: Xavier Samuel
Família:
Glory - irmã mais nova com 7 anos
Daniel - irmão mais novo com 15
Melinda - mãe morta
Jackson - pai morto
País de Origem: California - LA
Grupo: [] Seguranças ; [] Familiares ; [x] Paciente

Vida:

História da personagem:Chama-se King Grant tem dezoito anos, aos dezasseis, quando ainda lhe faltava um ano para ir para a universidade, era o mais conhecido da zona e arredores, todos os olhos paravam no excelente jogador de rugby da sua escola. Ele tinha futuro, o treinador apostava tudo nele e por vezes demasiado. Detestava sentir-se assim, com tanta pressão em cima, ele vivia para aquilo e queria fazer daquilo a sua profissão, mas ele achava que se era assim tão bom, se confiavam tanto nas suas capacidades, que não tinham que estar constantemente a repetir: Tens que o fazer bem. Temos que ganhar hoje. Tens que ser o melhor. A pressão foi aumenta de todas as partes, até dos seus pais que queriam que ele treinasse e estudasse ao mesmo tempo e apesar de essa não ser a causa da sua agressividade, foi aí que começou a notar-se o quão agressivo aquele rapaz era. Na última época ele já se virava contra os próprios colegas de equipa, que tudo o que queriam era ajuda-lo, mandou vários para o hospital e depois disso... tudo se demoronou.

Paciente:

Grupo: []Problemas Físicos ; []Problemas Mentais ; [x]Problemas Físicos e Mentais

Historial do paciente: Chegou um dia a casa, depois de um jogo difícil, que ganhou. Nesse dia dois rapazes da sua equipa tinham ficado lesionados por causa dele, os dois foram parar ao hospital, ele.. ele tinha-se passado simplesmente. Mais uma vez o treinador tinha dito: está tudo em ti Grant, sê o rei. Rei, King.. pronto. E sim, esteve tudo nele, graças a ele a sua equipa ganhou, mas também perdeu três elementos, os dois rapazes que foram parar ao hospital e King. Todos queriam ir festejar a vitória e havia um concerto perto, mas ele tinha que ir de boleia.
Os seus pais estavam em casa à sua espera na cozinha, a mãe cozinha e o pai ajudava. Quando os viu a primeira coisa que ele fez foi sorrir vitorioso e perguntar se podia ir ao concerto. A primeira resposta seca foi da sua mãe e ele sentiu o seu sangue a ferver dentro dele, não tendo bem a noção disso, mas manteve-se calmo, mas quando ouviu o mesmo e num tom pior do seu pai, não se conseguiu conter. Tiveram uma discussão horrivel que durara apenas uns minutos, mas que tinha provocado uma enorme raiva em todo o seu ser. King matou os pais ali mesmo. A mãe morreu esfaqueada em toda a sua barriga, tinha os seus orgãos completamente perfurados, o seu pai morreu da mesma maneira, mas de uma forma muito mais grave, que King nunca vai esquecer. Depois disso, adormeceu sem reparar no que tinha feito, e só no dia seguinte é que a sua empregada o encontra, em principio, pensa que ele está morto, mas depois, ao ver a faca na mão dele... ela só teve tempo de chamar a polícia e ele foi completamente coberto de sangue seco directamente para a cadeia, onde esteve lá um ano. Onde sofreu imenso, onde aprendeu a controlar-se melhor e de onde saiu para entrar num sítio muito melhor, mas com as suas desvantagens.

Tempo na clínica: Ao entrar na clinica as alucinações começaram, não são muito recorrentes mas existem. Para além disso, sempre que tem um ataque e é agressivo com alguém, ele não reagem bem. Isola-se, sente-se envergonhado e não quer tocar nem ser tocado, por vezes é agressivo consigo mesmo, mas isso já não acontece à algum tempo por causa da medicação que toma. Ele não gosta dela, dá-lhe sono, acalma-o em demasia ao ponto de tudo o que consegue fazer é dormir. Dormir é uma coisa que ele detesta e gosta ao mesmo tempo, ele consegue fazê-lo, mas acaba sempre por acordar assustado com as memórias que surgem durante o sono. Não existe um dia em que isso não acontece, nem mesmo quando é medicado pela seringa.
Desde que ele entrou para a clinica que tem alguém que cuida dele, chama-se Phoebe Grant e apesar de ser apenas uma paciente, é a razão que ele tem para se controlar e ao mesmo tempo não o fazer. Ele nem sequer tenta fazer o que lhe ensinaram quando alguém lhe toca para fazer mal, ele não se controla. Matou um enfermeiro por sua causa e a sua vida foi um inferno depois disso, os médicos que os tinham deixado em paz voltaram de novo à carga e ele está a ser medicado de seis em seis horas, com medicamentos que fazem-no dormir a maior parte do tempo.
Grau do paciente: [] Fácil ; [] Médio ; [x] Difícil

Característica Fisícas:

Aspecto: Antes de tudo era um rapaz com um corpo bastante desenvolvido por causa do rugby e do seu posto, usava o cabelo todo depenteado e os seus olhos castanhos escuros tinham um brilho especial quando sorria, mas depois tudo mudou e já nem sorriso ele tinha, voltou a aprender com Phoebe, mas já não é a mesma coisa. Ele perdeu demasiado por sua culpa e isso ele nunca vai deixar de sentir. É moreno e apesar de quando não apanha sol ser bastante branquinho, no verão torna-se num morenaço irresistivel. Tudo o que passou não o deixou feio, nem nada que se parecesse, apenas ficou mais magro e mais carrancudo, mas continua bonito e sexy.
Marcas: São poucas, mas tem algumas cicatrizes de quando a sua raiva leva a lutas, quer seja contra outros, quer seja contra ele próprio.

Características Psicológicas:
Caracterização psicológica:
Passou a ser um rapaz solitário, não gosta de se aproximar de ninguém, mas também ninguém se quer aproximar dele. Agora que tem alguém nunca se perdoaria, nem conseguiria viver com ele próprio se acontecesse tudo pela terceira vez. É um pouco arrogante com pessoas que não conhece porque tudo o que quer fazer é afastar as pessoas.
Manias e vícios: -
Medos: Que aconteça tudo de novo.
Gostos: Rugby
Doenças: -
Sonhos: Que o perdoem e perdoar-se a si mesmo.

avatar
King Grant


Mensagens : 899
Data de inscrição : 23/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum